Pré-inspeção automóvel?

Fevereiro 04, 2022

O que é a Inspeção Automóvel?

Se tem um carro, de certeza que já ouviu falar da inspeção e da pré-inspeção. Pois bem, a inspeção automóvel é periódica e obrigatória por lei, para todos os veículos automóveis.

Segundo o IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes), tem o objetivo de confirmar, com regularidade, a manutenção das boas condições de funcionamento e de segurança de todo o equipamento dos automóveis ligeiros, pesados e seus reboques.

Ou seja, a inspeção automóvel serve para garantir que o seu veículo está em condições para circular, assegurando assim a sua segurança rodoviária e a de todos os outros condutores na via pública.

Quando deve ser feita a Inspeção Automóvel?

A periodicidade da inspeção automóvel vai depender da idade e da tipologia do seu veículo. Por exemplo, em automóveis ligeiros de passageiros a primeira inspeção deve ser feita 4 anos após a primeira matrícula e depois a cada 2 anos. Quando decorrerem 8 anos, a inspeção automóvel deverá ser feita anualmente.

No caso de veículos de mercadorias, a primeira inspeção é feita após os dois primeiros anos. Posteriormente, a inspeção é anual.

Para saber quando deve fazer a inspeção automóvel da sua viatura, basta ter em atenção o mês e ano que está na sua matrícula, sendo que tem um período de 3 meses anteriores a essa data para poder proceder à inspeção. A partir dessa data, e tendo em conta a periodicidade mencionada acima, o veículo entra em incumprimento caso não tenha feito ou passado na inspeção automóvel.

Um veículo que esteja em incumprimento por não ter a inspeção em dia pode ser alvo de uma coima entre os 250 e os 1.250 euros. Se não pretende ser multado ou colocar a sua segurança e a de todos os outros em risco, tenha em atenção o prazo em que deve realizar a inspeção do seu automóvel.

Desde 1 de novembro de 2020, o número de quilómetros entre inspeções passou também a contar como critério para a necessidade de nova inspeção automóvel. Esta informação está presente na ficha de inspeção do seu veículo.

A importância da pré-inspeção.

A pré-inspeção é essencial para o seu carro passar na inspeção automóvel à primeira e sem problemas. A inspeção, sendo algo relacionado com a segurança rodoviária, é sempre feita com muita minúcia e exigência técnica para que tudo esteja dentro dos parâmetros.

Caso existam aspetos do seu veículo que não obedecem às regras, habilita-se a ter de repetir a inspeção automóvel com o problema resolvido ou até mesmo com a circulação desse automóvel proibida.

Por isso, a pré-inspeção serve não só como uma preparação, mas também como uma forma de detetar possíveis problemas que o seu veículo pode encontrar na inspeção automóvel e tratar de os resolver atempadamente. Afinal de contas, não recorrer a uma pré-inspeção é como ir para um exame sem estudar a matéria com antecedência.

Em que consiste uma pré-inspeção?

Na pré-inspeção são analisados todos os elementos do veículo sujeitos a inspeção, garantindo que estão todos em condições para o automóvel funcionar em segurança.

Apesar de a pré-inspeção estar inevitavelmente associada ao período em que é feita a inspeção periódica ao seu veículo, a manutenção e cuidados devem ser regulares ao longo de todo o ano, de modo a manter a integridade e segurança ao circular na via pública.

Os principais elementos verificados numa pré-inspeção e durante a inspeção automóvel são:

  • O sistema de travagem. Isto inclui o travão principal, o travão de emergência e o travão de mão;
  • A suspensão;
  • O alinhamento da direção;
  • A visibilidade (vidros, espelhos e limpa para-brisas);
  • A iluminação. Os principais sistemas de iluminação são os mínimos, médios e máximos, os piscas, as luzes de travagem e marcha-atrás, as luzes de nevoeiro e a luz da matrícula;
  • O escape, nomeadamente a verificação de fugas e emissões de CO2;
  • Os indicadores do tablier, como o velocímetro, o indicador de combustível, o indicador de rotações, entre outros;
  • O estado do chassis;
  • As condições dos principais elementos de segurança ativa e passiva – cinto de segurança, buzina, apoio de cabeça, assentos, etc.
  • A presença de certos componentes obrigatórios em caso de acidente, como o colete refletor e o triângulo de sinalização.

Se necessário, a fix&go também pode levar o seu veículo à inspeção automóvel após a pré-inspeção, assegurando que passa sem problemas e sem ser preciso levantar um dedo (a não ser para o trazer até uma das nossas oficinas, claro).

Quais são as principais causas de reprovação na inspeção?

Como dissemos anteriormente, se o seu veículo não cumprir as normas mínimas de segurança rodoviária, corre o risco de não passar na inspeção automóvel e ser exigida uma segunda inspeção.

Existem três tipos de falhas que podem levar à reprovação, consoante o seu nível de gravidade:

  • Tipo 1: são falhas pequenas que não condicionam o correto funcionamento da viatura ou as suas condições de segurança. São aspetos que devem ser corrigidos, mas não é necessária uma verificação após serem tratados.
  • Tipo 2: as falhas detetadas condicionam o correto funcionamento da viatura ou afetam as suas condições de segurança. Depois da sua correção, é necessária uma nova inspeção para verificação das reparações efetuadas.
  • Tipo 3: são as falhas mais graves que podem ser detetadas e implicam a imobilização imediata do veículo. Depois de corrigidas, é necessária uma nova inspeção para verificação das reparações efetuadas.

Para existir uma reprovação do veículo na inspeção, é preciso apresentar 5 falhas de tipo 1 ou uma falha dos tipos 2 ou 3, no mínimo. Caso não se recorra à correção de falhas de uma inspeção anterior, é também um motivo de reprovação, independentemente do tipo de falha.

O que devo levar para a pré-inspeção/inspeção automóvel?

Como não podia deixar de ser, tem sempre de se fazer acompanhar de todos os documentos do veículo necessários para a sua circulação (e consequentemente para a inspeção). Em princípio eles estarão sempre presentes na sua viatura, mas em caso contrário não se esqueça de recolher o livrete, o registo de propriedade do automóvel e a ficha da última inspeção que realizou (onde está presente o selo verde de aprovação para circular que coloca no para-brisas).

Mais Notícias

9 Dicas Para Uma Condução Mais Económica e Segura

Com a tecnologia a avançar cada vez mais rápido, também os carros são cada vez mais velozes desde o momento que arrancam. Apesar disto parecer…

As Piores Multas de Trânsito

Multas de Trânsito Que Fazem Estragos na Carteira Ninguém gosta de ser multado, ainda mais quando são multas de trânsito. Estas podem representar um peso…

Mais Vistas

Gasóleo ou gasolina? Conheça as diferenças.

Existem algumas diferenças claras entre gasóleo e gasolina, que provavelmente poderá saber. No entanto existem outros detalhes menos óbvios que pode desconhecer. Fique a par…

Travão de mão: quais os problemas mais comuns e como evitá-los

Todos os condutores sabem para que serve um travão de mão e como é acionado. Mas será que conhece em maior detalhe o funcionamento deste…

Num automóvel os amortecedores têm que função?

Num automóvel, os amortecedores são essenciais para o bom funcionamento da direção do carro durante a condução. A utilização de amortecedores em mau estado acelera…