Conduzir com chuva: sabe como preparar os pneus?

Dezembro 14, 2023

Como preparar os pneus para a chuva?

Está estudado: com chuva, a probabilidade de ocorrer um acidente rodoviário aumenta, em média, 30 a 40%

A estrada fica mais escorregadia, resultando num coeficiente de aderência das rodas ao asfalto 1.5 a 2 vezes menor, quando comparado ao asfalto seco.

As primeiras chuvas, então, são as potencialmente mais perigosas: têm tendência a levantar poeira da estrada, criando uma película fina e escorregadia formada por óleo, combustível, plásticos, partículas de borracha e outras substâncias que se vão misturando com o tempo.

Mas não há razão para alarmes onde a preparação existe.

Podem – e devem – ser tomadas medidas para prevenir acidentes neste tipo de clima. Como os pneus são os componentes que vão estar em contacto com uma das consequências da chuva – o piso molhado – preparámos-lhe um artigo sobre como preparar os pneus do seu carro para a chuva.

Vamos a isso!

 

Verifique a pressão dos pneus

Manter a pressão correta dos pneus do seu carro é uma medida simples, mas vital, para garantir a segurança na condução, especialmente em condições de chuva.

Se estiverem com uma pressão mais baixa, a aderência ao asfalto vai ficar comprometida, aumentando a distância de travagem e afetando a estabilidade do veículo.

Ao ajustar a pressão dos pneus do seu carro regularmente – e conforme as recomendações do fabricante, —  já está a dar um importante passo rumo à redução das probabilidades de acidente em clima de chuva.

 

Atenção à profundidade dos sulcos

Os sulcos dos pneus de um carro são os canais ou ranhuras profundas presentes na banda de rodagem do pneu.

São projetados para desempenhar um papel importante na segurança e desempenho do seu veículo.

Entre as suas funções, contam-se:

 

  • Drenagem de água, permitindo que a água seja evacuada da área de contacto entre o pneu e a estrada; crucial para evitar a aquaplanagem, fenómeno em que uma camada de água é acumulada entre os pneus e a estrada, reduzindo a aderência e dificultando ao condutor o controlo do automóvel.

 

  • Otimizando a aderência a superfícies molhadas, proporcionado canais para dispersar a água, contribuindo para a estabilidade e segurança durante a condução com chuva.

 

  • Expulsão de detritos, como pedras, gravilha, areias ou lama, da área de contacto dos pneus, evitando que aqueles comprometam a aderência à estrada e causem danos à integridade do pneu, nomeadamente à sua banda de rodagem.

 

  • Refrigeração da superfície dos pneus, permitindo que o calor gerado através do atrito destes com a estrada, se disperse de forma eficiente, contribuindo, ainda, para uma maior durabilidade dos pneus.

A profundidade dos sulcos, é importante mencionar, diminui com o tempo e com o desgaste dos pneus, variando em relação à profundidade original com que os pneus vieram da fábrica.

Esta redução da profundidade, claro, tem impacto na condução, especialmente na condução com chuva.

O legislador tem, todavia, esta questão tutelada pela lei: em Portugal, o ordenamento jurídico exige uma profundidade mínima de 1,6 mm nos sulcos dos pneus dos carros, para garantir a eficácia dos mesmos e a segurança rodoviária.

Mas fica a nota adicional de que,  em condições de chuva (no outono e inverno, entenda-se), pode ser aconselhável substituir os pneus mal os seus sucos atinjam os 3 mm de profundidade – isto para que todas as suas funções (elencadas acima) sejam cumpridas com eficácia, e para que, no fim do dia, andar de carro à chuva não seja um perigo, mas uma experiência tranquila, segura e viável – como deve ser.

 

Fique de olho nos pneus

De quando em vez, dê uma olhada em todos os quatro pneus do seu carro.

Cortes, bolhas, deformações ou qualquer sinal de desgaste irregular pode constituir uma fonte de perigo desnecessária, uma vez que pneus danificados comprometem a segurança e a eficiência do seu automóvel.

Nesta inspeção, preste especial atenção às laterais dos pneus e à banda de rodagem: são as zonas do pneus onde há maior probabilidade de danos – no caso das laterais devido às curvas e aos estacionamentos; no caso da banda de rodagem por ser a zona onde o impacto com a estrada é mais direto, estando mais propenso ao desgaste do atrito e de pequenos danos decorrentes do contacto com objetos afiados como pregos ou pedras na estrada.

Opte por pneus específicos

Se está no mercado por uns pneus novos e sabe que vai enfrentar um longo período de chuvas, alguma pesquisa adicional e aconselhamento profissional podem ser uma boa opção.

Mesmo que opte por pneus polivalentes (o que não é desaconselhado, atenção, mesmo nos meses de chuva), considere pneus de qualidade, com uma boa classificação de desempenho em condições de chuva, para garantir a máxima segurança.

Em conclusão, há várias outras áreas do seu automóvel – e mesmo do seu próprio comportamento como automobilista – que requerem uma atenção especial quando o tema é condução à chuva.

Hoje, esperamos tê-lo ajudado quanto aos pneus.

E se precisar de uma revisão ou de um olhar profissional sobre os pneus da sua viatura, sabe que pode contar com as 8 oficinas da rede Fix&Go.

Estamos equipados com os melhores materiais e os melhores profissionais.

Não hesite em contactar-nos, e mantenha-se sempre seguro na estrada.

Boas Festas!

Mais Notícias

A Importância de um Check-Up Pré-Férias para o seu Automóvel

As férias são um período aguardado por todos, marcando uma pausa no quotidiano e oferecendo a oportunidade de relaxar e explorar novos destinos. No entanto,…

9 Dicas Para Uma Condução Mais Económica e Segura

Com a tecnologia a avançar cada vez mais rápido, também os carros são cada vez mais velozes desde o momento que arrancam. Apesar disto parecer…

Mais Vistas

Travão de mão: quais os problemas mais comuns e como evitá-los

Todos os condutores sabem para que serve um travão de mão e como é acionado. Mas será que conhece em maior detalhe o funcionamento deste…

Gasóleo ou gasolina? Conheça as diferenças.

Existem algumas diferenças claras entre gasóleo e gasolina, que provavelmente poderá saber. No entanto existem outros detalhes menos óbvios que pode desconhecer. Fique a par…

Num automóvel os amortecedores têm que função?

Num automóvel, os amortecedores são essenciais para o bom funcionamento da direção do carro durante a condução. A utilização de amortecedores em mau estado acelera…